Rubia: Nua e Crua

Oi!
Eu sei que eu sumi... que cara de pau que eu ainda tenho de mostrar as caras por aqui não é msm? ueheuheuheh

Foto por Eliane Gibin 
Vou ser sincera: atualmente o blog virou só mais uma página pra eu postar os meus novos vídeos do Youtube e eu não estava sentindo que isso estava certo, então parei de postar por aqui.
De uns tempos pra cá andei me lembrando o que o blog realmente era pra mim quando eu comecei: apesar de falar somente de beleza/moda alternativa e de vez em quando soltava uns desabafos aqui e ali... ele era um lugar no qual eu fugia dos meus problemas, onde eu interagia com gente que eu gostava, onde tava tudo legal e a gente debatia sobre coisas do nosso mundo, e tava tudo bem. Nunca cheguei a postar nada muito pessoal por aqui, então esse é um tipo de postagem que vai ser um pouco diferente pra vocês.
Mas... tenho que dizer que neste ano muitas coisas mudaram pra mim e o modo com o qual eu utilizava o blog obviamente é uma delas.
Neste ano eu me vi obrigada a analisar vários aspectos da minha vida: minha família, minhas amizades, meu trabalho, meus relacionamentos, meus objetivos. Foram muitas coisas que aconteceram e muitos ciclos terminados nesse ano que nem passou da metade direito!

Eu nunca me senti á vontade em falar da minha vida/problemas/situações na internet porque aqui a gente sabe: é terra de ninguém, tem sempre alguém que vai distorcer o que você diz/faz ou falar bosta sem motivo nenhum, só pelo fato de você respirar. Ultimamente com o crescimento do canal e do blog eu tenho notado que o amor aumentou, mas os haters também aumentaram, proporcionalmente. O que é normal, né? Num geral, eu ando muito feliz com o rumo que o canal está tomando e eu estou me dedicando como posso á ele, mas com algumas restrições. Eu ainda não estou 100% satisfeita com o jeito que estou conduzindo o canal, mas eu farei o possível pra chegar lá.

Mas eu via a necessidade de mudar, de sair, de testar novas coisas, de ver meus limites. Estava apática em relação a minha vida e não conseguia ver nenhuma saída.

Então eu saí do meu emprego fixo, porque queria mudar, mas não só isso: tive um caso de doença na família e larguei do meu emprego pra poder cuidar dessa pessoa, então por isso fiquei um pouco afastada dessa vida de "internet", apesar de fazer o possível pra sempre postar vídeos, sempre ter conteúdo fresquinho pra vocês. Apesar de eu parecer essa porra louca que sou, aprendi nesse ano com sacrifício de que a família vem primeiro, mas... depende da família, tá?
Isso se aplica ao meu caso, você precisa entender como é o relacionamento com a sua família e o que ela te faz antes de tomar conclusões precipitadas. Sempre falo que ninguém deve se anular por ninguém, e a família está inclusa nessa.
Todas as coisas que eu achava sobre o que eu via dentro de casa estavam erradas e eu me vi obrigada a mudar meus conceitos por aqui, graças ao feminismo. Mas não vou entrar muito em detalhes com isso.

Além disso, eu me libertei de um relacionamento que estava me fazendo muito mal. Logo após o término, as pessoas já notaram que eu estava feliz, mudada, animada. Essa pessoa que eu considerava o amor da minha vida, era a primeira a me criticar em tudo que eu fizesse, era a que me podava sempre quando via a oportunidade. Não aceitava a forma que eu me vestia, que eu me expressava, me humilhava na frente dos outros... enfim, um relacionamento tóxico, que eu achava que me fazia bem, mas que me destruiu aos poucos. Me deixou paranóica, sem auto-estima, e sem auto-confiança durante inúmeras vezes, me fazia sentir culpada pelas minhas conquistas.
Eu sofria tudo isso no meu íntimo porque como a esse ponto vocês já devem saber: eu interiorizo tudo de merda que acontece comigo. Eu achava que eu era a errada, que eu era a louca... you know the drill.

E tive que apagar também outros relacionamentos que eu achava que estavam me fazendo bem, mas aparentemente eu não estava fazendo bem pra aquelas pessoas. Tentei conversar, mudar, resolver, mas infelizmente, não deu. É assim que a vida é as vezes.

Consegui abrir minha mente, consegui repensar conceitos, e consegui viajar sozinha pra Europa, com a ajuda de pessoas que sempre estarão lá pra mim quando eu precisar (e eu sou eternamente grata a elas por isso).

Euzinha bem princesa, no festival M'era Luna, na Alemanha. O melhor fim de semana da minha vida.
A viagem pra Europa era uma coisa que eu estava planejando há meses, mas que apesar de todo o planejamento, eu só tive a certeza que eu ia depois que comprei a passagem. A intenção inicial era ir com uma amiga, mas no final acabou que eu tive que ir sozinha.
E eu vou contar sobre a viagem num geral em detalhes em outros vídeos, por enquanto eu tô só postando no canal os vlogs, que serão MUITOS, mas eu tenho que dizer que essa viagem... era algo necessário pra mim, eu PRECISAVA fazer isso, hoje, depois de voltar, eu entendo. Eu vi novas pessoas, eu conheci novas culturas, eu fiz coisas novas, percebi que nada do que eu sonho é na verdade impossível, é só trabalhar pra isso.

Inclusive, realizei muitos sonhos nessa viagem e conheci uma parte de mim que eu nem sabia que existia, mas eu aprendi a gostar dela.

Isso me fez tomar gosto por viajar sozinha, me fez tomar gosto por conhecer novos lugares e me fez amar mais ainda o país em que vivo. Eu não entendia antes porque todo mundo que ia pra fora falava bem do Brasil e sentia saudades... isso até EU viajar pra fora e entender que não existe povo como o brasileiro, que não existe comida como a brasileira, que não existe paisagens como a do Brasil em lugar nenhum.
Um dos meus objetivos até o final do ano é conhecer pelo menos um pouco do nordeste do Brasil, depois o Norte, depois o Centro-Oeste, depois ah... TUDO :3

Então a real é que eu fui obrigada a me conhecer, a crescer e a amadurecer esse ano, e eu estava postergando tudo isso. Agora devo focar realmente nos meus objetivos, aprendi bem sobre quem sou e o que posso ser e eu vou focar nisso.

Obrigada por ler, obrigada por estar aqui, obrigada por me acompanhar, obrigada por me oferecer o suporte pra tudo isso, e eu prometo, que vocês me verão melhor do que nunca. AMO VOCÊS!

Bêzo! ♥


Posts Relacionados

0 comentários

Artes e desenvolvimento por Rubia Del Vecchio. Tecnologia do Blogger.

Flickr Images