Sobre abraçar quem você é...

Foto: RIP Magazine - Albert Buchatskyy
Eu vejo muitas pessoas por aí que entram em vários conflitos com a sua personalidade. Com a sua aparência, com o que dizer, o que falar, o que pensar, o "certo" e o "errado"...
As pessoas num geral se preocupam demais com que os outros vão pensar sobre elas se elas aparentarem ser de um jeito ou de outro. Se elas falarem uma coisa ou outra. Se pensarem algo que "não pode" porque alguém lhe disse que pensar aquilo é "errado".
Eu tive que lidar com isso muito cedo... Tentar fazer as coisas para agradar os outros, sabe? Que besteira! Mas aprendi que as pessoas SEMPRE irão falar a todo momento... Que você é estranha, que você é ridícula, que seu cabelo é horrivel e vai cair porque você faz essas coisas, que sua tatuagem é feia, que seu piercing é "coisa de louco" e "por que você não veste roupas mais COLORIDAS?".


Essa mulher linda da foto acima é a Michelle.
Encontrei ela no metrô, bem assim, linda. Magina se não surtei, né? E o pior é que ela mesma viu que eu tinha surtado, que vergonha. Agora você pensa numa estranha te abordando no metrô, pedindo pra tirar uma foto sua porque sua maquiagem é perfeita. Bom, essa estranha sou eu AUHEUEHEUEHUEHE Mas como vocês podem ver, a Michelle, pros outros, é um homem ridículo usando maquiagem ridícula.
Pra mim, a Michelle é uma mulher linda e decidida que resolveu usar maquiagem Drag mesmo usando roupas de "Homem" num local público.
As pessoas que estavam no metrô julgaram muito a Michelle. Inclusive, tinham dois homens que ficaram olhando pra gente e dando risada. Mas quando eu vi a Michelle, ela iluminou meu dia. E esse é o meu exemplo de que você pode ser quem você é sem se importar com o que os outros pensam. E ela pode não saber, mas ela se tornou uma inspiração pra mim.

Detalhe que: aqui eu não tô falando de quem é o que é e pode ser (e na maioria das vezes é) apedrejado por isso. Não.
Eu tô falando de quem tem MEDO de fazer as coisas, pelo simples motivo de ficar pensando "o que x pessoa vai achar se eu fizer isso, isso ou aquilo outro?".
Em vez de pensar assim, por que não pensar: "Se eu fizer isso, isso ou aquilo outro, eu vou me sentir bem fazendo? Eu vou me sentir bem com o resultado final?". Se a resposta pras duas perguntas for sim, então FAÇA! Se a resposta pra última pergunta é "não sei" lembre-se que:

Cabelo CRESCE, maquiagem sai com água e sabão, roupas são só roupas, as pessoas sempre irão te julgar e você nunca vai conseguir agradar todo mundo.

Porque sinceramente, se eu desse importância ao que todo mundo fala, eu seria assim, ó:


Independente da sua altura, cor de cabelo, cor da pele, jeito de andar, peso... aceite e abrace quem você é! Porque no final do dia, vai ser você e SOMENTE você.

Bêzo! ♥

Posts Relacionados

0 comentários

Artes e desenvolvimento por Rubia Del Vecchio. Tecnologia do Blogger.

Flickr Images