Sobre Consumo e Status

Oi, gente! Eu ia postar a tag Liebster Awards mas eu fiz o favorzão de apagar o post TODO, então esse post vai ter que ficar pra outro dia, mas... vou falar sobre uma coisa que vejo muito e me incomoda muito.
O tema que vou abordar nesse post de hoje é complicado. E é pra falar de uma realidade mundial, que é você pagar um valor muito alto por uma coisa que de fato vale bem menos do que lhe é cobrado, simplesmente pelo fato de TER. Um exemplo?

Reprodução: Blogueira Shame

Reprodução: Blogueira Shame
Isso me dá tristeza, até sinto uma vontade de chorar. ATÉ QUANDO as pessoas vão aceitar pagar absurdos pra comprar coisas que não são tão caras assim? Até quando vão aceitar serem enganadas dessa forma?
Teve uma vez que eu achei até engraçado. Uma lojinha feliz e saltitante estava vendendo uma bota á R$900. A OUTRA lojinha estava vendendo a mesma bota á R$450! Eu me pergunto como as pessoas aceitam ser enganadas dessa forma. Uma simples pesquisa no google resolveria tudo isso, sabe?
Acho sim que as lojas tem que ter a sua margem de lucro, afinal, do que adianta vender sem o lucro, né? Mas isso é abusar do bom senso!

Eu sou uma pessoa muito analítica e observadora, eu rolo a internet todinha procurando alguma coisa que eu vi em algum lugar, por um preço bom, e eu só queria que as pessoas fossem críticas e observadoras também. As "lojinhas" atribuem um valor que não existe a produtos de qualidade baixa, e o que mais me deixa chateada é que tem gente que COMPRA! Tem gente que gasta todo o dinheiro nisso, sem pesquisar!Eu atribuo essa culpa à blogosfera? Talvez, mas nós estamos condicionados desde muito tempo a aceitar o que nos oferecem sem questionar. Isso não é certo! Hoje é tão mais simples, porque existe o google, existem várias lojas virtuais, existe o ebay, o aliexpress, etc. Só paga uma fábula quem quer.

Isso me lembra o fuzuê que deu daquela blogueira que, não obstante em pedir pra entrar na balada de graça e ficar toda xatiadinha porque a hostess deu risada sobre o fato de ela ser blogueira pra uma revista famosa, ainda abriu uma loja com coisas do Aliexpress com preços absurdos e teve a pachorra de dizer que o preço era idêntico ao dessas lojas como Renner, C&A, Riachuelo, Marisa. Não sei quem tem coragem de pagar R$150 numa saia bandage que eu pago R$15 no Brás, mas eu não tenho.

Então esse post se resume a o que eu falo sempre: FILTRO, people. Filtrem as informações que a internet te dá. Não acredite em tudo que te dizem e tenha senso crítico sobre as coisas, pesquise, procure, faça da informação uma coisa útil!

Bêzo!

Posts Relacionados

0 comentários

Artes e desenvolvimento por Rubia Del Vecchio. Tecnologia do Blogger.

Flickr Images